topo
Notícia : : : : . . . . . . . . . . . . .
ONU sugere o ‘sim’ no referendo sobre armas
Fórum : : : : . . . . . . . . . . . . .

CADASTRE_SE na Rede!

Deixe seu recado no MURAL da Rede Juventude Cidadã!

Oportunidade : : : : . . . . . . . .
Uma grande oportunidade para o jovem estudante do ensino médio ou superior. Conheça a VIA BRASIL!
 

PROJETO PRO JOVEM

"Programa Nacional de inclusão de jovens."

O Projeto


A proposta foi elaborada com base no princípio fundamental do ProJovem (instituído pela Medida Provisória N.º 238 de 1 de fevereiro de 2005 e, posteriormente, pela Lei N.º 11.129, de 30 de junho de 2005) , qual seja o de proporcionar a integração entre formação básica, qualificação profissional e ação comunitária, em concordância com os requerimentos para uma inserção plena, criativa e produtiva na sociedade contemporânea. Ao mesmo tempo, possibilitar aos jovens reconhecerem-se e assumirem-se como cidadãos conscientes do seu direito a ter diretos e da necessidade de lutar por eles.


A proposta ora apresentada se refere à implantação da Estação ProJovem referenciada aos CEMASIS Guadalupe, Ilha do Governador e Realengo beneficiando diretamente 1.200 (mil e duzentos) jovens, por núcleo, residentes nessas localidades.


OBJETIVOS

- afirmar sua dignidade como seres humanos, trabalhadores e cidadãos;


- compreender os processos sociais e os princípios científicos e tecnológicos que sustentam a produção da vida na atualidade;


- empregar competências necessárias para o desempenho de uma ocupação que gere renda;


- estabelecer um projeto de desenvolvimento profissional, considerando suas potencialidades, suas necessidades de aprendizagem e as características de seu contexto de trabalho;


- acessar os meios necessários para exercerem efetivamente seus direitos de cidadania, tais como: obter ou renovar documentos pessoais, usar os serviços da rede pública disponíveis para os jovens e suas famílias, dentre outros;


- identificar problemas e necessidades de sua comunidade, planejar e participar de iniciativas concretas, visando a sua superação;


- conviver e trabalhar em grupo, valorizando a diversidade de opiniões e a resolução negociada de conflitos;


- afirmar valores de solidariedade, posicionando-se ativamente contra qualquer forma de racismo e de discriminação;


- exercer direitos e deveres de cidadania, participar de processos e instituições que caracterizem a vida pública numa sociedade democrática;

PÚBLICO-ALVO

Jovens oriundos de comunidades de baixa renda, das respectivas áreas onde o CIEDS implementará seus núcleos (Guadalupe, Ilha do Governador e Realengo), que tenham idade entre 18 e 24 anos completos; com nível de escolaridade compreendido entre a conclusão da 4a. série e a 8a. série incompleta do Ensino Fundamental; sem vínculo formal de trabalho (carteira assinada).

 

© Rede Juventude Cidadã 2005