Notícia : : : : . . . . . . . . . . . . .
O 1° encontro Rede Juventude Cidadã foi um sucesso! Confira!

Fórum : : : : . . . . . . . . . . . . .

CADASTRE_SE na Rede!

Faça parte da Rede Juventude Cidadã no YAHOOGROUPS!

Artigos : : : : . . . . . . . . . . . . .

"Ser jovem é ter arte de inventar..... por que pra ser feliz a gente inventa!"
Por: David da Silva e Natasha Fonseca

"Plano Nacional de Juventude – encontros e desencontros "
Por: Patrícia Lânes*

Oportunidade : : : : . . . . . . . .
Prêmio Juventude - Prêmio estimula produção científica sobre juventude

UMA GRANDE OPORTUNIDADE
Conheça o Programa Estágio Via Brasil
 
Fórum de Juventudes do RJ realizou seu III Encontro de Galeras

Na tarde do dia 13 de julho de 2006 o Fórum de Juventudes do RJ em parceria com o Observatório de Favelas, realizou seu III Encontro de Galeras tendo como pauta a questão ”Jovens em Conflito com a Lei”.

O evento aconteceu na sede do Observatório de Favelas-Rua Teixeira Ribeiro, 535,Complexo da Maré/RJ.

A atividade teve aproximadamente 135 jovens, em sua maioria (Cerca de 80% moradores de Comunidades Populares).

O encontro deu início com uma rápida apresentação do que vinha a ser o Fórum de Juventudes RJ com Fransérgio Goulart – Cedaps, “0 nosso Serginho Groisman” para logo a seguir partirmos para uma apresentação cultural da MC Valéria do Grupo Hip Hop Programa de Criança Petrobrás, rappeando sobre a História da Comunidade da Maré.

Logo após vieram a exibição dos filmes ‘155’ e ‘A Cara da favela’, filmes estes produzidos por Jovens moradores da Maré do Programa Rotas de Fuga do Observatório. Os filmes apresentaram uma História positiva dos jovens(criação de alternativas de geração de renda informal- Filme Cara da Favela) e outra negativa(jovem da comunidade entrando para vida do crime e acabando morto – Filme 155). O intuito dos Filme eram subsidiar a discussão sobre Juventude em Conflito com a Lei, o que acabou por acontecer. O debate entre a assistente social Rita de Cássia Ferreira de Oliveira (2a Vara da Infância), Andrea Rodrigues, psicóloga do Rotas de Fuga, e os beneficiados pelo programa Manoel e Alex virou uma conversa informal.

Várias perguntas dos participantes foram sobre temas relacionados ao jovem infrator: a abordagem policial, a Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente e as unidades de recuperação para o Jovem em Conflito com a Lei.

“A juventude quando comete algum tipo de delito na vez de ser encaminhada para DPCA, acaba indo para outras delegacias, demorando às vezes até 24 h até chegar à DPCA, segundo relatos de mães.Tive dois jovens de minha comunidade Rio das Pedras presos, fomos até a DPCA e nada. “Eu e as mães já não sabíamos para onde recorrer.”(Kakau Moraes-Precvida/Rede de Comunidades Saudáveis).

“A Justiça não pode fazer nada se não for provocada”, disse Rita de Cássia de Oliveira, que reclamou da falta de denúncias formais contra policiais e funcionários das chamadas unidades sócio-educativas.

A assistente social destacou que, especialmente no caso de abusos por parte de policiais, os jovens e seus pais podem procurar o Ministério Público (MP) na 2a Vara de Infância.

Após este momento, foi a vez da galera da cultura hip-hop passar o seu recado. Valéria Bernardo e Mc Bom, rappers do Programa Criança Petrobrás e do Nação Maré, respectivamente, e MC Desenho - Codecim/Rede de Comunidades Saudáveis, de Magé, conversaram com os participantes do encontro sobre cultura e cidadania como uma ferramenta para o enfrentamento dos problemas existentes dentro da comunidade.

“Eu faço o funk do bem, o funk não pode ser visto sempre por aquele relacionado as apologias ligadas ao sexo e ao tráfico de drogas.” (Mc-Desenho)
“ A questão principal é a oportunidade.Eu tive esta oportunidade dentro do Programa da Petrobrás e do Nação Maré. Por isto sou o que sou hoje. (MC Valéria Bernardo)

Então até o dia 10 de agosto de 2006 na Cidade de Deus, no IV Encontro de Galeras com a pauta :”Divisão dos Vagões do metrô e relações de gênero”, só faltando definir o espaço onde acontecerá este evento. Até lá...

Fransérgio Goulart

 

 

© Rede Juventude Cidadã 2005-06